Das coisas que o fotolog me lembrou...

Mais um ciclo se fechou, mas não passou em branco na minha vida. Fiz o backup completo do meu Fotolog e mais alguns que eu quero ter guardados. E isso me fez lembrar de algumas coisas que aprendi; lembrei de fatos e pessoas, além de confirmar algumas coisas.

  • Se identificar era tão legal nesses dias "Oi, eu sou a /tallyy";
  • Saber o mínimo de HTML fazia toda a diferença pra conseguir destacar algo nas postagens;
  • As limitações de criação de perfil, comentários, posts e edições de postagens tornavam o Fotolog um reino de exclusividade;
  • Alguns fatos são recorrentes em minha vida;
  • Escrevi uns textos/ poesias legais sobre meus sentimentos e que ainda são válidos (estou colocando eles aqui no blog nas datas postadas no Fotolog no anos anteriores a criação desse blog que foi em 2010);
  • Sempre postei indiretas;
  • Já fui fã do Sol e seu calor;
  • Tentei gostar de cerveja;
  • Conheci muitas bandas pelas divulgações nos comentários;
  • Postar era uma necessidade incrível, não importava se tinha ou não foto;
  • Eu não postava muitas vezes por um fato simples: não tinha internet disponível (acreditem);
  • Existem muitas pessoas que me adoravam, mas que eu não faço ideia de quem são hoje;
  • Por outro lado, hoje eu vejo como algumas pessoas eram MUITO FALSAS;
  • De todas as fotos que eu postei (489), eu só apaguei UMA ÚNICA na vida do Fotolog (488);
  • Eu sempre cuidei bem do que postava (fotos e textos) para não me arrepender depois;
  • Tinham mais selfies minhas no fotolog do que em qualquer outra rede social desta vida (e elas nem se chamavam selfies);
  • Orkut: precisava de convite para entrar e era a revolução da vida;
  • Eu ainda jogo Neopets, mesmo tendo sido congelada e perdido a conta principal que eu tinha - e era perfeita;
  • Como era mais legal postar fotos com os VIPs;
  • Alguns momentos ditos como inesquecíveis, de fato são porque eu lembro até hoje e com detalhes, já outros não eram inesquecíveis porque... bem eu nem faço ideia do que eram;
  • "Selfies" na frente do espelho não era tão toscas.
E agora eu me perguntou: preciso ou não me preocupar com o encerramento do Picasa? Porque pelo que diz no blog deles, o que existir lá só não poderá ser modificado depois de 1º de maio. Mas isso tudo me gera um certo medo: quanto tempo até eles resolverem mexer com a plataforma do Blogger de alguma outra forma? Espero sinceramente que não e caso aconteça, não existam problemas.

Digo isso por um motivo: o encerramento do Orkut pra mim foi traumático, porque o tal "arquivo" da comunidade do DRC serve apenas para saber os títulos dos tópicos que foram criados por lá. Não gosto muito de lembrar disso porque realmente ainda dói em mim.

Atualização (20/02/2016)

Terminando de fazer alguns pdfs no calendário do Fotolog percebi uma coisa: o Fotolog era minha agenda de vida. Ele demonstra muito bem como foram os meus anos de 2005, 2006 e 2007, que foram os anos em que o site estava em alta. Eu vendo o calendário hoje, percebi bem as seguintes coisas:

  • É fácil perceber quando eu coloquei a minha ADSL/ banda larga;
  • Quando eu comecei a namorar;
  • Quando minha vida mudou e eu me afastei da internet por realmente me deixar acreditar que por ser mãe eu não podia mais me dedicar a vida social na web;
  • Quando eu terminei meu relacionamento e voltei a viver como eu acreditava que tinha que ser.
Hoje, é o último dia do Fotolog e eu ainda estou lá salvando coisas, porque algumas passaram batidas nesses últimos dias. Correr enquanto ainda dá tempo.

Devaneios

Imagem por Natiene Vieira
Tenho tudo em minha mente.
Toda a nossa vida!

Acredite, já sei de todos os detalhes de nossa vida em comum, de nossos planos de vida, nossos desejos e sonhos.

Só não sei ao certo como será efetivamente o nosso primeiro encontro, aquele no qual você vai realmente me olhar e lembrar da minha existência depois da partida. E isso ainda não está claro porque as possibilidades estão sendo criadas, desenroladas a cada dia. Cada passo conta e tudo pode mudar, trazer uma nova nuance.

Tirando isso, eu já sei como serão nossos diálogos, nossas conversas mais insanas e as confissões nas longas madrugadas.

Da mesma forma que sei: será impossível brigar com você por qualquer motivo! Porque você com esse seu jeito pacífico vai apenas ouvir e deixar que eu extravase a minha fúria, para no final, você sorrindo, abrir os braços para me acolher em mais um dos seus abraços perfeitos.

Os roteiros de viagens estão previamente programados, faltam apenas os detalhes de datas e o cronograma de onde vamos antes ou depois.

Seremos felizes.
Temos tudo pra dar certo.

Seremos nossos "porto seguro".

Só falta você me deixar entrar em sua vida...
Abra a porta, porque eu preciso entrar!

Existe amor em SP

Existe também: fé, gentileza, humanidade, solidariedade, educação, carinho, curiosidade, opiniões, distrações...

Pode não ser perfeita, mas sim EXISTE amor em SP, definitivamente.

"Nem todo o mal desse mundo,
Vai me enfraquecer..."

Foto: Afiar
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...